quarta-feira, 25 de junho de 2008

Tudo muda, o tempo todo, no mundo.

Os tempos que passam deixam espaços vazios apenas preenchidos por um bocado de areia nos sapatos e um sorriso no olhar.

- Yah, o negócio é dar tempo ao tempo...
- Mas sabe que a parte boa é que com isso eu comecei a dar mais valor pros meus amigos, (aqueles que quando você precisa estão lá sempre)?
- Eu sou amiga do tempo...
- Puxa vida! É mesmo? Me apresenta? Além dessa história 'de dar tempo ao tempo', estou precisando de tempo pra mim, pra eu fazer as minhas coisas...
- Um minuto, tel.
- ...
- Ele falou que passa aí amanhã às quatro da manhã.
- Ele quem? Msg errada?!
- O tempo!

...

- Alô? Van, o tempo passou, mas eu estava dormindo. E agora?

Deixei o tempo em casa, dividido entre a segunda e a terceira gaveta do lado esquerdo da secretária. Não me apeteceu trazê-lo desta vez. Tinha pouco espaço nos bolsos.

É assim. Tudo acontece tão depressa que, por vezes, deitamos fora bocados de tempo sem sequer o termos usado. Por educação, por receio do tempo conseqüente ou ainda por tempos passados. As horas tornaram-se mastigáveis, mas difíceis de engolir. E só quando nos atrasamos um pouco no corropio diário do dia, e ficamos para trás parados num banco qualquer, é que nos apercebemos da estupidez que é tudo isto.
O mundo permanece uma fantástica aldeia onde as pessoas insistem em fingir que não se conhecem. Talvez por se esquecerem, à noite, do que se passou durante o dia, ou de dia, que a noite passou por elas. Não temos porção mágica nem somos, de fato, irredutíveis, mas acho que tão cedo não vamos desaparecer.
Mas ainda há esperança: Uns quantos seres respirantes, de vez em quando, sorriem e, imagine-se, dizem bom dia.
Quem me dera poder trocar de valores como quem masca uma pastilha...

Para quê ser um Jekyll, quando se pode ser um Mr. Hyde?

* Dr. Jekyll and Mr. Hyde (O Médico e o Monstro). - Filme estadunidense.

12 comentários:

Dih da Pâhzinha... disse...

Essa é a vida...
Hoje perdi um tempão a tarde!
Mas foi ótimo!!!
Olhar pelo lado bom sempre ajuda!!!

http://www.avidanobeco.com/

Patrícia Andréa disse...

Vlw por ter visitado e comentado o meu blog!
"Apareça" por lá mais vezes=)

Bjus!!

Nigel Goodman disse...

Se você olhar pras coisas ruins você vai ver as coisas ruins.

tvcinemaemusica disse...

Penso que o melhor é ter uma visão ampla das coisas, nada fechada, e aceitando todas as possibilidades, com certeza vou ter mais chance de ser feliz

Dário Souza disse...

Estou passando por isso de dar um tempo,e cheguei a conclusao que so estou perdendo tempo =/

amandaedalete disse...

que massa esse texto é vc mesmo que faz?
B-jus

Otávio B. disse...

É, o tempo passa uma vez só, carregando consigo as oportunidades e as chances de vencer ou de perder junto com ele...É como aquela brincaderinha do pai que esconde um doce atrás de uma das mãos, e a criança precisa adivinhar onde, necessariamente se encontra...

Barcas furadas, ou ascenções a pedestais de ouro maciço...Única e exclusivamente em NOSSAS MÃOS.

Abraços

http://hangardezenove.blogspot.com/

Yeda disse...

Gostei bastante do texto, lembrei-me da música Paciência de Lenine.Será que é tempo que nos falta pra perceber o quanto é urgente viver.
Agora que estou de férias da facul e do trabalho creio que estou perdendo tempo sem fazer nada de útil.

Como dizia Cazuza " O tempo não pára"

Amei essa frase:
As horas tornaram-se mastigáveis, mas difíceis de engolir.

Iaiá disse...

Esse problema de perder tempo eu não tenho. Sou super organizada e prática, tanto nas coisas do cotidiano quanto em relação aos meus sentimentos. Sei falar e calar no tempo certo, graças a Deus, e aproveitar cada minuto das 24 horas que eu tenho pra gastar todos os dias. :)
Beijos

Nay Travassos disse...

Incrivel como estranhamos quando transformamos o tempo como se fosse um objeto, um pessoa... um ser vivo.
Mais na verdade é o q mais fazemos diariamente... vivemos correndo, as vezes nos culpando por ate ter dormido, quando poderiamos ter feito um milhão de coisas!
E mais no tempo, no mundo em que vivemos hoje, que tudo é pra agora, que é tudo nesse instante, uma correria danada, que no fim o tempo é desperdisado com estresse, desagrado, indignação e cansasso.

Realmente é um assunto facinante o tempo! Parabns pelo enfoque, ficou bem legal o post.

E obrigado pelo comentario no blog Contos da Mascara, fico feliz em ver q gostam da forma q escrevo.
Ate mais
;**

Vanessa disse...

Ahh o tempo...
onde eu posso comprá-lo ?
Estou precisandoooo e de muitooo mesmoo!! HAHAHA

Puts... eu também gosto muito daqu, querida.
Não é a toa que ja te adicionei nos favoritos e tudo mais!
beijos, beijoooooooos

Jhony disse...

Tudo muuda.
Tudo passa!

http://jhonyfreitas.wordpress.com