sábado, 15 de agosto de 2009

Acho que sábado é a rosa da semana.

E aí você chegou com tantos carinhos que deixou aqueles dias mais aconchegantes. Eu já disse que adoro quem sorri com naturalidade? Pois é... Quando o rosto se ilumina de forma sincera, tudo fica transparente, límpido. Não que eu esconda a melancolia. Os momentos de tristeza devem ser vividos até que estanquem, saciados. Tenho profundo respeito pelas minhas lágrimas, mas, como diz Caetano, minha risada é ainda mais reverenciada.

Hoje não quero lembrar da insistente falta de compreensão da minha mãe, do humor atravessado de algumas pessoas, nem da cabeça que ainda teima em doer. Quero dizer sim ao riso farto, à capacidade de ser solar, apesar das nuvens escuras que circundam nosso céu.

Agosto já está na metade e é um mês revelador. Acreditem.

3 comentários:

Rômulo Wehling disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thais Motta disse...

Tem selinho pra vc no meu blog!

Passa la ;)

Um beijo !

manoeleudes disse...

Por isso minha gente, gargalhe como uma bruxa velha por absolutamente nada. Adorei o texto, ficou bem reflexivo e tranparente. Beijos Yasha XD