quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

“Deixou de lado o conforto do conhecido e se atirou no que estava por descobrir.”

Asas para voar. Ela pensou e saiu apressada abrindo caminho entre as gentes. O ninho é lindo e entre rabiscos e livros que vão ajudar a transformar alguns metros quadrados num lar, ela respira. Parede verde? Vermelha? Móvel branco no quarto e o teu retrato? Aquele do quase-sorriso vai caber perto do meu? Sim, quase sempre meu riso é aberto, mas também sou triste, padeço de insônias e dores de dente tal qual Macabéa...

Sim, estou indo morar sozinha em outro Estado para fazer o curso dos meus sonhos, e de nada adiantou ter visto o meu nome na lista de aprovados para outro curso aqui pertinho, o coração falou mais alto. Cidade de Patos no Estado da Paraíba. Monte Castelo, bairro bonito de se viver... (E como diria legião urbana, com sua música que coincide com o nome do bairro "É um não contentar-se de contente, é cuidar que se ganha em se perder...") E tem aquele frio na barriga de ficar novamente sem um tostão, e dessa vez sem emprego, sem rede de proteção... E falta fôlego e sobra emoção e o teu beijo fica suspenso por fios de naylon invisíveis bem acima da minha cabeça... Sem som, sem Internet, sem TV, sem vontade de gritar... Vez-em-quando canto baixinho... Um MPB vem quase sempre à cabeça, assim como um pop açucarado de outros tempos e quintais.

Mudo em dois dias. E a dor de dente me consome e os medos atropelam e aquela fome (de viver?) surge como que avisando a emergência de certas coisas. Alguém que não é gentil, outro alguém que não percebe o passarinho com bilhete no bico anunciando boas novas.

A cozinha, que agora é minha, recebe sol, tem claridade... Quero flores na janela!


Talvez na entrada da casa de vocês tenha essa imagem: Um passarinho com bilhete no bico anunciado boas novas. Minha vinda no Labirinto e nos blogs vai se tornar mais complicada agora, até eu ter um computador, mas por enquanto andarei pelas lan houses da vida, só não deixarei nunca o que eu construí esse tempo com vocês, nem o Labirinto, se perder, por mais que eu me perca dentro dele tantas vezes. Não deixarei. Enquanto isso verei os pássaros de vocês, e vocês irão ver as flores na minha janela. Vou lembrar de cada um de uma forma diferente... Mais intensa ou menos intensa, mas de uma forma bonita com certeza. Até lá, voem bem azul, voem bem nuvem, voem bem brisa. Meu carinho sem tamanho, mas alado. Sentirei muita saudade de vocês e disso aqui, mas nada virará poeira. Beijo intenso de saudade antecipada!


Me encontrem:
Orkut
MSN: anayasha@hotmail.com
(84) 8841-0572 / (84) 99585572

5 comentários:

Michele disse...

Yasha, querida! Se a frase lhe cabe, use-a à vontade! ;)

Boa sorte nessa nova fase de sua vida! E PARABÉNS pela sua conquista! É maravilhoso fazermos o que realmente amamos e com essa paixão toda, você será de certo muito bem sucedida em cada um de seus passos!

Virão dificuldades sim! Mas se você está feliz, irá superá-las uma a uma e crescerá muito com tudo isso. Além do mais, você estudará um dos cursos dos meus sonhos! haha Se não fosse enfermeira, sem dúvida seria veterinária! É uma linda e gratificante profissão!

Um beijo grande e MUITA sorte pra você!

Danila :) disse...

que lindo, odeio despedidas então n quis pensar nisso ontem, o que eu deveria dizer eu escrevi no meu caderno, dentro do onibus, tudo tremido mas sincero.

beijo(F)

Alan Salgueiro disse...

Yasha, legal, depois de algum tempo de passar por aqui, receber boas notícias. Desejo todo o sucesso nesse sonho que está sendo realizado. Que seja engrendecedor o desafio do novo Estado e que o estado de espírito seja sempre o melhor. Espero que realmente venha até o labirinto nos dizer olá de vez em quando, suas palavras farão falta!
Beijo imenso!

Paula disse...

Olha, eu só te digo uma coisa: Se vc entrou na chuva, Deixa ela te molhar por inteira.

Boa Sorte! ;D

{O carnaval foi bom sim! Acho que foi bom até demais ^^ E o seu?}

Caféína disse...

Mulher é mesmo foda, já estou sentindo falta dos teus posts.
TODA A SORTE PRA VOCê