domingo, 21 de fevereiro de 2010

Metades e inteiros.

Às vezes penso que estou desaprendendo a escrever, talvez pelo ritmo cada vez mais escasso com que venho pondo as cartas na mesa, tão diferente do anterior eufórico, mas tem sempre as palavras dos outros pra dar uma salvada. Li por aí sobre amores que terminam antes de acabar, sentimentos não vividos até o fim, e lembrei do Nietzsche, no Zaratustra: "Deixai que as folhas murchem! Que mal há nisso? São os meios termos que estragam todo o inteiro". É, e até Jesus, esbravejou em algum lugar da Bíblia que "por não seres quente nem frio, por seres morno, me dás vontade de vomitar". Mais ou menos é uma coisa que nunca dá certo...

Ser ou não ser, eis que uma vez respondida a questão. A gente tem que se posicionar com integridade, pra evitar efeitos colaterais...


Ps.: Depois eu falo do meu carnaval tão, tão, tão, tão bom, como prometi, e da minha repentina mudança de Estado, da qual vocês ainda nem sabem e que está prestes a acontecer. :*

8 comentários:

Ni ... disse...

Sempre acho bom demais vir aqui te ler...

Ah, conte tudinho mesmo... rs

Beijo e mais beijos

Maré disse...

Eu sei de tudo. TUDO.
Eu não aguento o seu pique.

Vanessa M. disse...

Coisas mornas não afetam o paladar.



ps: tou curiosa, curiosa.

thais motta ~ disse...

Odeio metades , meio termo .

Tão sem sal.

.Intense. disse...

Lembrei de uma comunidade chamada 'Só não vale ser mais ou menos...' - pergunta se não estou nela?

;)


Dar opinião sobre isso é tão retundante quanto...ser eu mesma. Que seja intenso, que seja excesso...pq se for pouco, eu não quero.

Caféína disse...

Meio cheio???
Quero transbordando, fervendo!!!

Michele disse...

Não aguento o meio-termo, o morno, o mais ou menos. Sempre fui aqui ou lá. Amo ou simplesmente não gosto! Achei até que poderia ser ruim essa intensidade toda, esses extremos. Mas depois a gente percebe que ruim mesmo é quem não sabe o que quer, do que gosta e onde quer chegar! Que se decidam então! :D

Um beijo, moça!

Michele disse...

AH, Yasha... adicionei seu blog nos favoritos, tudo bem? Gosto dos seus textos e assim não os perco de vista! :)

:*