segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Festa no Céu.



"Ela era bonita. Mas não era bonita e só - como a maioria dos bonitos, ela era bonita e tinha muitas outras coisas na bagagem." [CFA]


Minéia,

Hoje você completaria mais um ano de vida, se todos os planos que fazíamos não tivessem sido paralisados, se todos os olhares e sorrisos tão raros que te pertenciam não tivessem deixado de alegrar a terra, para alegrar o céu.
Este ano é seu primeiro aniversário que não te temos aqui para te dar um abraço forte e te desejar juízo e eu não sei como é a contagem dos anos aí em cima, mas tenho certeza que hoje está tendo festa grande por aí.
Me orgulha tanto você, independente da onde esteja agora, independente de como esteja agora. Me orgulhava tanto o teu jeito de trazer o lado bom das coisas, das cores. Me orgulhava tanto o teu jeito de ser feliz e de fazer feliz quem estava ao seu redor, tua definição do que era ser feliz, teu coração que era a prova transparente da tua felicidade.
Poderia até tentar somar cada pedacinho que tu deixaste aqui, modelar e reparar todas as dores daqueles que, assim como eu, sentem tanta falta de ti, mas não seria nunca a mesma coisa. Desde que tu partistes já não é a mesma coisa viver, sonhar, sorrir, chorar, trazer o lado bom das coisas... E das cores?
Agora só o azul bonito do céu. Só o céu resplandece seu azul incandescente pela tua presença, e o sol escaldante substitui os dias de chuva, de choro. As nuvens até parecem sorrir por ter te levado de nós. Que cores? Se todas quiseram te acompanhar?
E mesmo com todos os muros que te separam da nossa cidade, ainda preciso acreditar que a vida nos fez para ser feliz, e o teu coração me diz o mesmo. E vamos seguindo...
O choro passa, a angústia passa, a dor acalma, as horas passam, os dias passam, o desespero passa, a revolta passa, a “uva-passa”, mas você permanece. Permanece luz nos nossos corações, ar nos nossos pulmões, força no nosso caminhar. E a cada ano que passar, tu continuará completando mais um ano de vida, para mim, como estes vinte e dois anos que tu completas hoje, independente de onde tu estejas, independente se não chamam mais isso de vida. Para mim, e para muitos, eu sei, tu continuas no meio de nós, viva como luz, como anjo, como seja lá o que for, mas viva, nos salvando todos os dias de todo o mal do mundo e nos fazendo acordar a cada manhã com a certeza de um dia melhor. 

Parabéns, meu tesouro!
Aproveita muito o seu dia e se cuida bem.


"E mesmo sorrindo por aí, cada um sabe a falta que o outro faz." [CFA]