quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

E se o amor for só uma opção?

Eu consegui ser eu mesma com você, porque desde o início eu sabia que não iria dar em nada. Você me fazia rir a cada duas palavras que dizia, mas eu não achava você bonito. E eu achava você muito menino. E enquanto você se apaixonava (e eu permitia) eu ia indo embora pelos cantos. E agora eu escrevo para pedir desculpas, eu não devia ter feito isso. Eu fui egoísta e já faz tanto tempo. E eu não demorei muito para perceber, sentir ciúmes loucamente, te achar a pessoa mais linda desse mundo de todos os ângulos - inclusive e principalmente por dentro - e correr atrás de você por anos como uma boba que toparia qualquer acordo que você propusesse. Só me esqueci que não tem acordo pro amor. Hoje eu lembro de você, o amor foi só uma opção, temos um laço muito forte, uma amizade linda, mas distante (o que não quer dizer nada), e eu só queria agradecer, porque foi você que me fez ver que mesmo eu sendo eu mesma alguém poderia gostar de mim.


Para ele, que sabe dos dias, da saudade e do amor.